Blog

10/02/2021
Por: Livia Pizza

4 pontos para escolher o hotel ideal em uma viagem de negócios

Viagem de negócios é frequente em empresas cujos funcionários precisam se deslocar para atender presencialmente clientes, fornecedores ou mesmo eventos (que poderão voltar na retomada pós-pandemia). 

Mesmo durante a pandemia, os grandes negócios — sobretudo os globais — precisaram se manter ativos, o que naturalmente inclui o deslocamento de pessoas para atenderem às necessidades de expansão, manutenção e até a operação de suas atividades.

Em um momento em que segurança e proteção tomaram o lugar da melhor tarifa e do conforto, assim como a ida ao local, é igualmente importante escolher um bom local para se hospedar, recarregar as energias e se preparar para uma visita produtiva ao destino.

Para que você saiba como fazer isso, produzimos este conteúdo e convidamos você a lê-lo até o final!

O que é preciso levar em conta ao escolher o hotel numa viagem de negócios

Antes de falarmos sobre os pontos que um hotel precisa ter para atender bem o viajante corporativo, vejamos outros fatores externos que você também deve considerar na escolha de um local para hospedagem:

  • localização do hotel: é importante que ele esteja localizado numa boa região. O acesso a estabelecimentos comerciais (bancos, farmácias, padarias etc.) é muito apreciado por quem precisa sair da organização geográfica de casa, para trabalhar em uma outra localidade;
  • comércio próximo: caso seu funcionário queira comprar alguma coisa, é essencial haver pontos comerciais por perto. Opções de restaurantes ou lanchonetes também são muito válidas;
  • segurança: a região onde está o hotel deve ser segura;
  • proximidade do compromisso: por fim, o hotel precisa estar próximo do local do compromisso para que o colaborador chegue lá a tempo.

Lembre-se que enquanto um viajante corporativo, o tempo dedicado a deslocamentos é parte do investimento que a empresa fez na viagem. Com isso, avalie todo o entorno do local de hospedagem. 

Às vezes, pagar uma tarifa um pouco maior em um determinado hotel é, na verdade, mais econômico do que direcionar um viajante a trabalho para uma região em que ele precisará de mais tempo para almoçar ou jantar, por exemplo.

Os 4 pontos fundamentais que não podem faltar na escolha do hotel

Por mais que o hotel conte com luxos e que a localização disponha de muitas atividades e pontos turísticos, é preciso considerar que o viajante de negócios dificilmente terá tempo para usufruí-los. Portanto, ao escolher o hotel, certifique-se de que ele atende muito bem os quatro pontos abaixo.

Bom chuveiro

Quando o seu colaborador volta do compromisso de trabalho ao hotel, é certo que irá querer tomar um bom banho para relaxar. Para isso, é importante que o banheiro disponha de uma boa ducha, além das opções de água quente e fria.

Alguns gurus da hotelaria indicam que existe, até, um número ideal de orifícios de saída de água que a ducha deve ter para que o banho seja realmente relaxante. Sabia que a pressão e a quantidade de água têm uma relação direta com o bem-estar de quem passou um dia inteiro em reuniões e deslocamentos?

Boa cama

Para estar bem descansado, é necessário que o quarto de hotel também tenha uma boa cama. Embora algumas pessoas pensem que a qualidade da cama é diretamente proporcional ao seu tamanho, uma coisa nada tem a ver com a outra.

Assim, tenha certeza de que a cama — independentemente de ser queen size ou king size — tenha um bom colchão, macio e confortável, assim como travesseiros, lençóis e cobertores de qualidade que garantam uma boa noite de sono.

Os hotéis de categoria superior costumam ter um “menu de travesseiros”, disponível na recepção. Como parte da sua política de viagens, dicas como essa podem transformar a  viagem a trabalho em uma experiência estimulante e motivadora.

Bom café da manhã

Este item é fundamental. Os compromissos de trabalho costumam começar no horário comercial e alguns duram o dia inteiro (como eventos, por exemplo), o que torna necessário que o hotel tenha um café da manhã completo.

Desse modo, antes de fazer a reserva ou de escolher uma rede de hotéis oficial para os seus funcionários, confira o que é servido no café da manhã e qual horário ele começa. Alguns hotéis iniciam às 8 da manhã, enquanto outros, por receberem viajantes de negócios, começam mais cedo, por volta das 6 da manhã — o que é um horário ideal.

Já pensou em incluir orientações nutricionais dentro da comunicação do seu programa de viagens e mobilidade, na empresa? Não necessariamente compartilhar dietas, especificamente. Uma forma de se conectar com o seu viajante é levar para ele conteúdo que ele possa usufruir durante a experiência de viagem. Como sugestão, cite canais em que seu time possa se orientar sobre quais são os melhores alimentos para rotinas pesadas e mais leves.

Boa internet

Não dá para trabalhar sem uma boa conexão de internet, não é verdade? Por isso, este é o quarto e último item do nosso checklist. Mesmo nos casos em que o trabalho seja feito de forma externa, os viajantes, quando chegam ao hotel, precisam acessar a internet para redigir relatórios, além de conferir e-mails e tarefas da empresa.

Para isso, é preciso que a internet seja boa. A maioria dos hotéis disponibiliza aos seus hóspedes a rede Wi-Fi para esses fins. Para saber se ela é mesmo boa, a melhor dica é conferir avaliações que as pessoas deixam sobre o hotel. Caso não haja reclamações a respeito da internet, é um bom sinal. Se houver elogios, melhor ainda.

Facilidade, conectividade e comodidade

Além desses quatro pontos, alguns portais de pesquisa em hotelaria publicam outros itens também muito apreciados pelos viajantes corporativos durante uma hospedagem: tomadas disponíveis em vários pontos do quarto, academia ou fitness center, café (dentro ou fora da acomodação) etc.. 

Já pensou em fazer uma avaliação nos hotéis utilizados pela sua empresa, para você conseguir dar ao seu colaborador uma ótima experiência? Aliás, para saber desde já quais são as tendências para a experiência dos viajantes no futuro, confira também o artigo que escrevemos sobre o tema

Categorias: Transporte

Você também pode se interessar:

19/02/2021
Por: Livia Pizza

A VOLL participará de mais uma edição do LACTE, o maior evento de viagens e mobilidade corporativa da América Latina  

Evento aconteceu em formato pop-up ainda em 2020 e finaliza trilha com modelo híbrido em 2021. O LACTE16 vem em novo formato. Com as restrições impostas pela pandemia, a ALAGEV, responsável pela realização do evento, inovou e promoveu mudanças significativas em seu principal evento. Para 2021, o evento é elevado a uma nova potência, ampliando […]

Leia mais
27/01/2021
Por: Livia Pizza

Destaques da mobilidade: o aplicativo que democratizou nossa política interna de mobilidade, conta José Martins, da gestão de mobilidade da Racional Engenharia

O profissional destaque da mobilidade desta semana prova que experiência se ganha com intensidade, e que tempo de trabalho não é a medida para responsabilidade.  Com pouco mais de 20 anos de idade, José Antônio Martins é a pessoa à frente da gestão de mobilidade de uma das maiores empresas de engenharia do Brasil, a […]

Leia mais
19/01/2021
Por: Livia Pizza

Gestão de mobilidade corporativa e tecnologia mobile: a melhor combinação

Para aumentar a eficiência dos processos de uma empresa, todos os pontos que envolvem a rotina de trabalho precisam ser constantemente otimizados — inclusive os que correspondem à mobilidade dos funcionários. Por isso, ter um sistema de gestão de mobilidade corporativa é tão importante. Neste artigo apresentamos quais são as principais características que tornam seu […]

Leia mais

Receba as novidades sobre o universo da mobilidade

Acompanhe as últimas notícias da Voll. Inscreva-se para receber tudo em primeira mão através da nossa plataforma digital.