Blog

28/01/2020
Por: VOLL

Ride sharing: saiba o que é, como funciona e sua relação com a mobilidade

É comum que sua empresa busque soluções focadas em redução de custos processuais, além de encontrar fornecedores de serviços que beneficiem tanto o negócio quanto os seus funcionários. E quando o assunto é mobilidade corporativa, o ride sharing vem como uma ótima opção.

E para que você saiba o que é de fato ride sharing, sua relação com o mercado de mobilidade e como os serviços da VOLL permitem que você extraia o melhor desse mercado (além de otimizar a sua gestão), continue a leitura deste artigo.

Mas o que é ride sharing?

A viagem de carona, antigamente, tinha um entendimento bem simples: consistia no passageiro cobrir parte do custo da viagem em que tanto o motorista quanto o passageiro vão na mesma direção.

É possível que você já tenha lido ou ouvido falar de outros termos correlatos — como o ride hailing. Embora alguns defendam pequenas diferenças, entendemos que se trata da mesma coisa.

Porém, com o aumento da demanda por viagens compartilhadas, a modalidade hoje ganhou forma e também nome: o recém criado nicho de mercado (ou tecnologia, como alguns podem se referir) de ride sharing  tem fins lucrativos e benéficos. Para isso, as pessoas usam aplicativos ou sites de terceiros que cobram uma taxa pela conexão entre motoristas e passageiros — formando uma verdadeira rede de prestadores e consumidores dos serviços de mobilidade.

Como é o mercado de ride sharing no Brasil?

No Brasil, levando em conta que os serviços da Uber, 99 e outros aplicativos de mobilidade passaram a fazer parte das nossas vidas, o que abriu espaço também para os apps de carona.

Além da Uber que lançou o Uber Juntos, possibilitando tarifas até 35% menores que as do UberX em troca dos passageiros compartilharem corridas que sigam uma rota similar, outros players surgiram no mercado, tais como BlaBlaCar, Waze Carpool, Zumpy e Wunder.

Qual é a relação entre ride sharing e as empresas de mobilidade?

Quando falamos de ride sharing no Brasil, a relação entre ele e as empresas de mobilidade é embasada em dois fatores: tecnologia e conveniência.

Como o ride sharing é um serviço ligado à inovação, isso permitiu sua entrada nos mercados de tecnologia responsáveis por desenvolverem soluções para os aplicativos de mobilidade como, por exemplo:

  • tarifas dinâmicas;
  • algoritmos de otimização de rota;
  • otimização da experiência do usuário (tanto para o passageiro quanto para o motorista).

Quanto à conveniência, as pessoas dão preferência por empresas que prestam serviços de boa qualidade e preços que atendam mesmo os mais modestos bolsos.

Por essa razão, a maioria da população permanece ao lado das empresas de aplicativos de transporte, sobretudo aquelas que contam com a opção de carona.

Como os serviços da VOLL incentivam o crescimento desse mercado?

A VOLL é uma empresa de mobilidade empresarial, que oferece uma plataforma de gestão de transporte corporativo com a finalidade de ajudar empresas a otimizar seus custos e facilitar o transporte de seus funcionários.

É comum que algumas organizações tenham dificuldades em gerir viagens feitas por aplicativos de transporte por não contarem com um sistema próprio para isso. Assim, acabam dependendo que o colaborador traga o recibo do transporte feito por aplicativo ou táxi (cujo comprovante de papel, por sinal, pode ser forjado).

Isso causa transtorno tanto para o financeiro que precisa controlar cada viagem realizada quanto para os membros da empresa que devem ora utilizar as contas pessoais de seus apps ora sair à rua para procurar um táxi.

A VOLL conta com um marketplace de mobilidade, pois sua plataforma permite escolher os apps líderes em mobilidade em um só lugar, o que facilita o controle dos gastos e incentiva cada vez mais pessoas a fazerem uso de aplicativos de mobilidade, incluindo serviços como o ride sharing.

E por falar em controlar os gastos, agora que você já sabe o que é ride sharing e quais são os seus benefícios, que tal nos aprofundarmos nesse ponto a fim de ver como descomplicar a gestão de despesa em 4 passos? Confira este artigo que escrevemos a respeito.

Você também pode se interessar:

17/02/2020
Por: VOLL

Jornada do viajante corporativo: quais são seus principais percalços e como (sua empresa pode) resolvê-los?

Viajar a trabalho sempre fez parte da rotina de grande parte das empresas, envolvendo desde o time comercial que precisa se reunir com clientes até o C-level que, periodicamente, visita outras filiais. Uma certeza que temos é que este cenário certamente colaborou para o surgimento de novas formas de mobilidade no país — como, por […]

Leia mais
10/02/2020
Por: VOLL

Como o futuro da mobilidade é moldado pelas maiores cidades do mundo

Atualmente, mobilidade é um dos assuntos mais comentados e influencia as decisões de diversas empresas. Com negócios cada vez mais globais, a presença das organizações em uma escala mais ampliada deixou de ser uma questão de “se” para se tornar uma questão de “como”. No segundo semestre de 2019, a VOLL promoveu encontros com gestores […]

Leia mais
05/02/2020
Por: VOLL

Transporte pela empresa: táxi ou app?

Na última semana, juntamos o time para um happy hour de comemoração aos resultados de janeiro. Inevitavelmente, escutamos uma conversa entre dois amigos que estavam sentados na mesa ao lado, sobre como cada um faz para se locomover em seus compromissos a trabalho e como funcionam as políticas de mobilidade em suas empresas. Eram dois […]

Leia mais

Receba as novidades sobre o universo da mobilidade

Acompanhe as últimas notícias da Voll. Inscreva-se para receber tudo em primeira mão através da nossa plataforma digital.