Blog

13/04/2022
Por: Amanda Doimo

O que esperar da retomada do setor de aviação no Brasil em 2022

Durante a pandemia do Covid19, o setor de aviação foi, sem dúvida, um dos mais impactados negativamente. O fechamento de fronteiras e a baixa demanda por voos causou um prejuízo de, aproximadamente, US$ 137,7 bilhões em 2020, segundo a Associação Internacional de Transportes Aéreos (IATA, na sigla em inglês), além de estimar perdas em torno de US$ 200 bilhões, somando-se os anos de 2021 e 2022.

Em 2021, com o avanço da vacinação contra o Covid19, o clima de retomada das viagens acendeu o sentimento de superação destes números. Porém, em 2022, uma guerra inesperada entre Rússia e Ucrânia ameaça essa previsão. 

Neste post blog, fazemos uma análise sobre o desempenho do setor de aviação nos últimos anos de pandemia e traçamos um panorama do que esperar para 2022. Acompanhe conosco a leitura!

Cenário do segmento de aviação nos anos de pandemia

Entre os anos de 2019 e 2020, o total de passageiros domésticos no país sofreu uma queda de 47%. Em 2021, apesar de apresentar uma recuperação de 38% em relação ao ano anterior, o número continuou 33% abaixo dos índices pré-pandemia, conforme observado no gráfico a seguir.

Podemos afirmar que o setor de aviação tem demonstrado um lento processo de recuperação desde 2021. Neste ano, uma nova ameaça pode prejudicar essa recuperação: o aumento no custo do barril de petróleo. Isso acontece porque a Rússia é o terceiro maior produtor de petróleo do mundo e as sanções impostas ao governo russo elevaram os preços desta commodity no mercado global.

Esse aumento interfere diretamente o combustível para aviação, o que tem ocasionado no aumento do preço das passagens aéreas em quase 40%

Dados de 2022: índices de retomada

O avanço da vacinação contra o Covid19, a abertura de fronteiras e o clima de retomada das viagens trouxe dados positivos que indicam uma recuperação do setor. 

Dados divulgados no dia 1º de abril pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) indicam que, em fevereiro, a demanda de passageiros teve um crescimento de 367% e a oferta por voos foi de 127% no mercado internacional, quando comparados com o mesmo período do ano anterior. 

Em relação ao total de passageiros transportados em voos internacionais houve um aumento de 366% frente aos índices de 2021.

No mercado doméstico, cerca de 5,5 milhões de passageiros foram transportados em voos nacionais, o que representa aumento de 28% em relação a 2021. Contudo, o total de embarques foi 24% menor na comparação com 2019.

Previsões para 2022

Depois de longos dois anos de pandemia, como poderia o setor de aviação absorver mais um custo, diante de um cenário com prejuízos projetados ainda em 2022? 

Preocupada com isso, a Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas) divulgou uma nota informando que, no curto e médio prazo, a retomada da operação aérea e o atendimento logístico a serviços essenciais podem sofrer uma desaceleração e inviabilizar rotas com custos mais altos. Isso pode também impactar o transporte de cargas e a cadeia produtiva do turismo.

A principal consequência é uma escalada nos preços das passagens aéreas, bem como em outros serviços oferecidos pelo mercado da aviação, conforme analisa o portal Aeromagazine

Se você gostou deste conteúdo, compartilhe em seu LinkedIn 😉 Até a próxima!

Categorias: Notícias

Você também pode se interessar:

18/05/2022
Por: Marianne Monteiro

Tecnologia em aeroportos: o fim da restrição a líquidos

Uma revolução silenciosa está em andamento, mudando a forma como transitamos na segurança dos aeroportos – mas a maioria de nós nem percebeu. A exigência de colocar líquidos em recipientes de até 100 mililitros e retirar eletrônicos de dentro das malas tem sido um marco nas viagens aéreas há quase 16 anos. No entanto, em muitos aeroportos ao redor […]

Leia mais
Viagens corporativas em alta temporada
11/05/2022
Por: Livia Pizza

VOLL Live: Por que o preço das passagens aéreas estão aumentando?

Segundo o buscador de viagens Kayak, entre janeiro e março de 2022, os preços médios dos bilhetes de ida e volta para os destinos nacionais mais procurados subiram até 62% e os de rotas internacionais, até 32%. Além disso, a inflação das passagens aéreas medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC), da Fipe, entre […]

Leia mais
20/04/2022
Por: Marianne Monteiro

Como manter a segurança do colaborador nas viagens a trabalho nesta fase da pandemia?

A retomada das viagens corporativas, acelerada pelo avanço da vacinação contra Covid19 e pela atenuação das regras em relação à transmissão do vírus, está levantando uma série de preocupações entre os gestores de viagens e a insegurança de uma nova variante pode despertar muitas dúvidas.  Afinal, como orientar seus colaboradores a se manterem seguros em […]

Leia mais

Receba as novidades sobre o universo da mobilidade

Acompanhe as últimas notícias da Voll. Inscreva-se para receber tudo em primeira mão através da nossa plataforma digital.