Blog

eventos e viagens corporativas estão de volta
24/09/2021
Por: Livia Pizza

O poder do reencontro: os eventos corporativos are back

A GOL, gigante da companhia aérea brasileira, já observa uma alta na procura de passagens. Os principais destinos são aqueles que estão realizando eventos corporativos.

Ana Paula Zuppi, Gerente Corporativa Empresas e Governo na Gol Linhas Aéreas, revelou que 84% dos viajantes brasileiros já sinalizaram que preferem reuniões presenciais e aguardam ansiosamente a hora de poder viajar a trabalho novamente e livremente. 

Para a Gol, muitas coisas vão mudar e a grande retomada já é prevista ainda para 2021. Os aeroportos e companhias aéreas estão preparados para isso.

Você e sua empresa também estão? Continue a leitura e reflita sobre o assunto.

A retomada dos eventos corporativos ao redor do mundo

O final de 2021 se aproxima com uma sociedade mais esperançosa e otimista do que no ano anterior. Diversos países estão bem adiantados em relação à vacinação e já emitem protocolos para que os eventos corporativos possam acontecer presencialmente e em segurança.

Em Singapura, reuniões, conferências e convenções podem acomodar até 1.000 participantes sentados — desde que estejam com o esquema de vacinação completo. 

Por ser anfitriã da Reunião Anual Especial do Fórum Econômico Mundial, a cidade está abrindo o caminho para a retomada dos eventos corporativos presenciais e tem servido como uma espécie de teste para que o seu protocolo possa ser repetido por todo o mundo.

Os cuidados tomados pelas empresas

Restringir as viagens e a participação em eventos a solo doméstico é o principal cuidado observado nessa retomada.

Embora Singapura já esteja sediando eventos internacionais, não significa que as empresas já estejam a vontade para ultrapassar a fronteira dos seus países — o que pode explicar a tendência observada pela GOL.

De acordo a Pesquisa de Perspectivas Econômicas da Indústria e Negócios da AICPA (Instituto Americano de Contadores Públicos Certificados), 34% dos líderes financeiros revelaram que a empresa e seus colaboradores já estavam viajando com a mesma constância de antes da pandemia. 

Contudo, 28% disseram que estão limitando as programações domésticas, restringindo as viagens internacionais e consequentemente grandes eventos. 

A retomada acontece em doses homeopáticas, pois essas pessoas reconhecem a importância das interações pessoais para o networking e os encontros presenciais como ótimas oportunidades de desenvolvimento profissional. 

Diferença entre eventos corporativos e de entretenimento

Quando a sociedade discute o retorno dos eventos, é importante que as diferenças entre as reuniões com objetivos profissionais e as comemorações festivas fiquem nítidas. 

O controle sanitário para evitar a propagação da COVID-19 e até mesmo outras doenças virais é muito mais fácil de ser realizado em eventos corporativos. 

Controle de acesso de visitantes, apresentação para pequenos grupos agendada por horário e marcação de distância são recursos que os organizadores têm em mãos, mas não funcionam em um show, por exemplo.

Além disso, o mercado de eventos vai herdar muita coisa da pandemia, como os eventos híbridos ou a extinção dos coffee-breaks. 

Todas essas informações nos levam a um só lugar: a retomada é real e já estamos voltando aos eventos e viagens corporativas. Em São Paulo, as feiras corporativas foram liberadas em agosto. 

O primeiro grande evento, a Feira das Feiras Criativas, aconteceu em um espaço aberto no Memorial da América Latina e contou com a circulação de duas mil pessoas. Todos os participantes foram submetidos a testes gratuitos para a COVID-19 e tiveram que cumprir protocolos de distanciamento social, uso de máscara e álcool em gel.

Da mesma forma que o evento em Singapura foi um modelo mundial, a Feira das Feiras foi estrategicamente pensada e organizada para servir de exemplo e suprir as expectativas de um dos setores mais afetados pela pandemia, o de Eventos.

Se você está esperando ansiosamente pelos eventos corporativos presenciais, pode comemorar. Ao que tudo indica, os organizadores estão preparadíssimos para garantir a segurança dos participantes.

Aproveite e organize as políticas de viagens corporativas do seu negócio. Conheça a VOLL e descubra como ter controle e economia sobre as despesas dos profissionais em trânsito.

Economize na passagem aérea na seu próximo evento corporativo

Economize na compra de passagem aérea para a sua próxima viagem a trabalho

Você também pode se interessar:

Seguro viagens porquê é importante
13/09/2021
Por: Livia Pizza

5 motivos para contratar um seguro viagem

Seja viajando a lazer, seja nas viagens corporativas, é importante estar assegurado. O seguro viagem opera na esfera nacional e internacional, garantindo a cobertura necessária para que o turista não fique desamparado fora do seu domicílio. Em geral, o seguro de viagem deve ser feito com pelo menos 72 horas de antecedência e começa a […]

Leia mais
Duty of care e viagens corporativas
09/09/2021
Por: Livia Pizza

Duty of care: como manter a satisfação do viajante corporativo

O duty of care é um termo em inglês que ao traduzir significa dever de cuidar. No contexto corporativo, trata-se de uma obrigação ética e legal que as empresas têm para garantir a integridade física, saúde, segurança e bem-estar dos colaboradores. Na prática, cuidar do colaborador traz mais benefícios do que simplesmente promover a sua […]

Leia mais
06/09/2021
Por: Livia Pizza

3 dicas para a sua empresa economizar (realmente) na compra de passagens aéreas

Para que uma viagem corporativa aconteça é necessário contratar uma série de serviços. Uma das primeiras providências é fazer a reserva do transporte aéreo e seu custo pode ser elevadíssimo caso a empresa não conheça os maiores segredos para economizar na compra de passagens aéreas. Cancelar os compromissos, trocar o avião por carro ou ônibus […]

Leia mais

Receba as novidades sobre o universo da mobilidade

Acompanhe as últimas notícias da Voll. Inscreva-se para receber tudo em primeira mão através da nossa plataforma digital.