Blog

Seguro viagens porquê é importante
13/09/2021
Por: Livia Pizza

5 motivos para contratar um seguro viagem

Seja viajando a lazer, seja nas viagens corporativas, é importante estar assegurado.

O seguro viagem opera na esfera nacional e internacional, garantindo a cobertura necessária para que o turista não fique desamparado fora do seu domicílio.

Em geral, o seguro de viagem deve ser feito com pelo menos 72 horas de antecedência e começa a valer a partir do momento do embarque. Ou seja, se o turista tiver algum problema na aeronave, antes mesmo da decolagem, já pode contar com a cobertura contratada. 

Preparamos uma lista com os principais motivos para adquirir um seguro viagem. Continue a leitura e descubra as vantagens de estar protegido.  

1. Reembolso

Ninguém compra uma viagem pensando em cancelar, mas imprevistos acontecem. Seja para lazer, seja para negócios, os custos antecipados com passagens e hospedagem podem se tornar um grande prejuízo quando um acontecimento torna o embarque impossível.

Alguns planos de seguro de viagem incluem o cancelamento por situações que podem incluir doença grave, lesão ou falecimento do viajante, membro de sua família ou alguém que ia viajar com ele. Nesses e em outros casos o dinheiro é devolvido conforme as cláusulas contratuais.

2. Emergências médicas

Nem todo mundo tem um plano de saúde com coberta nacional, muito menos internacional. Infelizmente, assistência médica pública não é um serviço de qualidade em todos os lugares. Dependendo do país a única opção é particular e pode custar muito, muito caro — além de exigir pagamento antecipado e na moeda local. 

O seguro de viagem com benefícios médicos de emergência cobre problemas de saúde e odontológicos que acontecem durante a viagem, bem como eventuais transportes de emergência que precisam ser utilizados.

No caso das viagens nacionais o benefício pode ser aplicado mesmo quando o destino é muito próximo ao domicílio do viajante, por um valor acessível. Seguros que cobrem consultas hospitalares e reembolso de remédios, para uma viagem de 7 dias dentro do Brasil, não custam mais de R$ 50,00.

3. Problemas com a viagem

Voo cancelado, conexão perdida e mala extraviada são exemplos de contratempos que acontecem em viagens. O turista pode até ser reembolsado pela própria companhia, mas leva tempo para que isso aconteça.

O fato pode gerar despesas adicionais de acomodação, compra de roupas e objetos de higiene, entre outras necessidades. Os seguros amenizam esses e outros impactos financeiros negativos e tornam a viagem mais tranquila, independentemente dos problemas que possam acontecer.

4. Baixo custo

Ao fazer a cotação de seguro de viagem, procure conferir todas as opções de cobertura, desde as mais simples até as mais completas — especialmente se você for um gestor de viagens corporativas em que o volume de profissionais em trânsito sob sua responsabilidade é grande.

Alguns países têm a apólice como regra para conseguir entrar. É o caso da União Europeia: para desembarcar no país é necessário ter uma cobertura mínima de € 30.000,00 em assistências.

Mesmo assim, engana-se quem pensa que estar assegurado significa gastar o dobro para viajar. O seguro pode ser surpreendentemente acessível.

Para se ter uma ideia, é possível contratar uma apólice de seguro para 10 dias na Europa, pagando apenas R$ 150,00. Considerando que uma consulta médica no continente não sai por menos de US$ 2.000,00, o valor pode ser considerado irrisório.

5. Personalizável

Assim como a União Europeia exige a cobertura mínima de € 30.000,00, outros países têm suas exigências. Por isso, os seguros viagem são personalizáveis.

No momento da cotação é necessário especificar a região da viagem e contratar a cobertura mais adequada às demandas do país a ser visitado.

Para garantir os benefícios do seguro viagem, o turista ou a empresa devem escolher entre as apólices comercializadas por seguradoras. Outra opção é conta com o seguro de viagens vinculado ao cartão de crédito. Entretanto, os cartões operam apenas com reembolso e a cobertura é limitada.

Quando escolhe uma seguradora de confiança, a maioria das coberturas não exige que o cliente pague qualquer quantia no local. O seguro viagem realmente assume o papel de cuidado integral com o viajante durante toda a sua jornada fora de casa.

A VOLL é o parceiro ideal para a sua empresa neste processo. Fale conosco e saiba mais sobre esse e outros serviços.

App completo para viagens a trabalho

Você também pode se interessar:

22/06/2022
Por: Livia Pizza

Fernão Loureiro é o novo embaixador da VOLL

Fernão é consultor de negócios e viagens, já passou por 30 países, recebeu prêmios do setor, escreveu o livro “Gestão Estratégica de Viagens Corporativas” e se tornou uma das figuras de maior influência no segmento de gestão de viagens corporativas. É com muita satisfação que estamos dando um passo em direção ao nosso maior propósito: […]

Leia mais
20/06/2022
Por: Leticia Arcanjo

Política de Viagens Corporativas: por que é importante?

As viagens corporativas representam uma parcela significativa dos gastos de uma empresa. Para garantir que essas viagens aconteçam de forma organizada, sem gerar custos excessivos ou prejuízos econômicos, é essencial desenvolver uma boa política de viagens corporativas.    Essa política é um documento que tem por objetivo padronizar as viagens a trabalho dos colaboradores, orientando-os sobre […]

Leia mais
Blog VOLL: mulher usando o app VOLL em seu celular
17/06/2022
Por: Marianne Monteiro

O que é o farol de política de viagens corporativas?

Você já ouviu falar no farol de política? Trata-se de uma funcionalidade do app VOLL que permite a visualização intuitiva e simples de quais serviços e opções de viagens disponíveis estão dentro ou fora da política de viagens da empresa. O que é uma política de viagens corporativas? A política de viagens corporativas é um […]

Leia mais

Receba as novidades sobre o universo da mobilidade

Acompanhe as últimas notícias da Voll. Inscreva-se para receber tudo em primeira mão através da nossa plataforma digital.